Thammy Nadando Contra a Corrente

Autor: Marcia Zanelatto
Editora: Best Seller

Ano: 2015
Edição: 1
Páginas: 210

img_20161102_141101

Quem já era adolescente na década de 80, conheceu a Gretchen, a famosa Rainha do bumbum. Como parte do legado, ela teve uma filha, chamada Thammy, que por algum tempo, foi sua dançarina e promessa de continuidade da realeza. Só que não foi bem isso que aconteceu.

O livro conta a época do relacionamento da mãe com o seu pai, como se conheceram, como foi a gravidez no auge do sucesso, passando pela separação do casal e da vida em Recife.

Conta também as fases da Thammy (de garota que não gostava de usar vestido, passando pela fase lésbica até ter a certeza de que estava no corpo errado).

Apesar de muitos não entenderem como a Gretchen pode não ter aceitado de início a homossexualidade da filha (onde segundo o livro, ela chega a soltar a célebre fala “— Eu preferia ter uma filha morta a ter uma filha sapatão“) por ser artista e símbolo sexual, é compreensível que muitos pais queiram o melhor para seus filhos, ainda mais no mundo medieval onde vivemos, com o preconceito e a homofobia escancarada, percorrendo as esquinas da vida. O “melhor” neste caso, trata-se apenas de sabermos que a vida é ainda mais difícil.

Neste ano de 2016, Thammy se candidatou a uma vaga como vereador do Estado de São Paulo pelo Partido Progressista, curiosamente a mesma legenda que representa o polêmico Jair Bolsonaro com o slogan “Thammy junto”. Infelizmente ele não conseguiu ser eleito.

Li este livro porque me interesso pela temática trans. E percebo agora que é o terceiro livro este ano sobre esse assunto. É preciso ter cuidado com o que falamos. É tanta coisa ruim acontecendo, é tanto desamor. Tenho um enorme respeito a todas as pessoas que são felizes assumindo-se trans.

Deixo aqui alguns canais de YouTubers trans, para servir de esclarecimento:

Mandy Candy: https://www.youtube.com/user/mandyparamaiores
Ariel Modara: https://www.youtube.com/channel/UCFTIDQwgbBp3Si0Azd2lFKQ
Adam Franco: https://www.youtube.com/channel/UCNP9Qg69W3tyMt9IH7YAdwQ

Destaque:

[1] CURA GAY Certa de que Thammy estava entregue às más companhias, vítima de vampirismo e forças demoníacas, Gretchen encontrou uma nova solução. Se ela sozinha não tinha conseguido resolver, a igreja resolveria. Afinal, demônios e igrejas estão sempre muito próximos. Thammy insistiu que não se tratava de um problema espiritual amar uma pessoa do mesmo sexo, mas Gretchen foi irredutível. Negociou a liberdade da filha por sessões de exorcismo. Lá se foi Thammy para o culto, não sem antes Gretchen explicar tudo muito direitinho ao pastor. A igreja estava lotada como um circo e a atração da noite era Thammy, a filha de Gretchen. Uma atração e tanto porque a desgraça é mais desgraça quando recai sobre gente famosa. Thammy estava humilhada e ofendida como uma personagem pobre de livro russo no inverno. Mas levantou a cabeça e foi em frente. O pastor chamou Thammy. Era a hora de exorcizar o espírito da homossexualidade que invadia aquela pobre menina. Maria Odete segurava a mão da filha, como se ela realmente precisasse de ajuda para andar até o centro da igreja, onde ficou mais visível aos olhares dos curiosos. E o pastor começou a falar. A falar alto. Logo em seguida, passou a gritar. Para piorar a situação, sem muita técnica vocal, o homem cuspia loucamente enquanto gritava seus versos de exorcismo: — Sai, demônio! Sai!

Anúncios

Sobre carolinayji

Desde que me conheço por gente, há algumas décadas, sou eu.
Esta entrada foi publicada em Marcia Zanelatto. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s